Os jornalistas Ricardo Kotscho e Hélio Campos Mello foram os palestrantes da segunda noite da ‘Semana de Jornalismo’. Mello, que é também fotógrafo, iniciou comentando sobre a revista “Brasileiros”, na qual Kotscho também escreve, e ,segundo ele, seu diferencial “[A intenção da revista] é mostrar mais do Brasil, sem ignorar seus problemas”, disse o Mello.

O fotógrafo comentou que duas de suas idéias são: revalorizar a dupla repórter e fotógrafo,  deixada de lado com a necessidade do mercado por profissionais multimídia, e o jornalismo de autor, que traz um estilo próprio, um diferencial de quem escreve a reportagem.

Os jornalistas disseram que o crescimento de mídias alternativas, como a revista “Brasileiros”, se dá à falta de inovação da grande mídia. “O crescimento da imprensapopular, da nova classe média e da imprensa gratuita cria um novo hábito de leitura, as revistas semanais não te surpreendem mais”, disse Kotscho.

Diploma

Os jornalistas disseram não ver problema com a possibilidade de profissionais de outras áreas, sem ser o jornalismo, de exercer a profissão, desde que passem por um exame (como o da OAB). Afirmaram que a profissão deve ser regulamentada e que as Universidades devem melhorar o curso.